Brasil abençoado por Deus, bonito por natureza e aqui tudo acontece.

19 dez, 2011 | Nenhum Comentário »

No Brasil da década de 80 o que preocupava os empresários era os juros e a inflação, na década de 90 o que preocupava era o congelamento e a falta de habilidade do governo, de 2000 a 2010 o que preocupou foi aumentar a competitividade internacional e manter o Brasil progredindo e estabilizando-se. Porém, o que mudou na maneira de identificar e responder a crises ou desastres naturais no Brasil?

Infelizmente, pouca coisa mudou. Mesmo iniciativas isoladas de algumas secretarias de segurança, ministério da integração e governos não são suficientes para dizer que o Brasil está preparado. A falta de governança de riscos, principalmente os tecnológicos e naturais no governo brasileiro é assustador.

Percebo que o negócio é remediar e não prevenir. Remediar custa mais caro e os controles anti-fraudes são menos rígidos, portanto, fraudes e corrupção imperam neste cenário. Que deveria ter mais atenção de nossa Presidenta e sua equipe!

O Governo FHC pensou muito e agiu pouco, o governo Lula ficou no mesmo e Dilma? O que está pensando sobre isso?  A quantas décadas vemos regiões serem afetadas por chuvas, deslizamentos (coisa que já é um dos cartões postais de BH, por exemplo), desabrigados, doenças decorrentes disso, problemas de infraestrutura no atendimento as vitimas, mortes sem sentido, hospitais públicos DESPREPARADOS e outros? Deixe-me ver…1, …2 …3 décadas?

Não sabemos o que fazer? Ou não queremos parar para pensar e resolver? Ou não há int$r$ss$ político?

Vejo profissionais, acadêmicos e militares do mais alto nível no governo, independente de quem é o Executivo Chefe a muitos anos, para ser mais sincero desde o governo FHC. Mesmo assim, ainda temos problemas de infraestrutura de telecomunicações, elétrica, transporte público, saúde e principalmente Defesa Civil. Que deveria se chamar “Organização de jovens heróis do Brasil sem recursos”, e não Defesa Civil. Forças públicas de segurança e emergência como Policia e Bombeiros deveriam receber cada um uma medalha no final de cada ano e um bônus salarial, pois, pelo que fazem seria o mínimo.

O verão é uma época linda no Brasil, economicamente ótima e também muito perigosa devido as chuvas ao calor e outras ameaças naturais e físicas. O que ainda não sabemos? Não temos tecnologia para medir? Para identificar? Não temos tecnologia para isso? Inventasse imposto para tudo no Brasil, e pagamos caro, mas, cadê o retorno.

É lamentável ver um país como o BRASIL ainda não ter capacidade centralizada de identificar, mitigar e responder a graves incidentes, crises ou desastres de uma forma estruturada. E ainda não ter muitas leis que exijam planos de continuidade de negócios, planos de gestão de crises e auditoria forte sobre estes pontos.

Vamos apostar: Quantos incidentes graves, desastres, desabamentos, deslizamentos, enchentes, mortes e interrupções de serviços elétricos e de infraestrutura teremos até Fevereiro de 2012? Quem arrisca um palpite? Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Nordeste?

Estamos agora leiloando desesperadamente nossos aeroportos que não estarão preparados para a COPA e Olimpíada a tempo. E cada a governança de riscos e de crises? Acham que um aeroporto no Brasil está preparado para responder a um desastre grande? Um problema regional?

É lamentável termos a oportunidade econômica de resolver 70% destes problemas,  dar exemplo e gerar renda com estas práticas e não ter ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA PARA ISTO. Infelizmente teremos que continuar vendo a reprise do que vimos nos últimos 10 anos de novo, até Fevereiro de 2012.

Governo é responsável. Governo não é o único responsável. Governança do Brasil deve ser mais que qualquer governo para os próximos 100 anos.

Que Deus nos abençoe e continue sendo brasileiro!

Comente

Código de Segurança: